Anfavea defende manutenção do acordo entre Brasil e México


Anfavea defende manutenção do acordo entre Brasil e México. A Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos) emitiu uma nota oficial sobre o provável fim do acordo de isenção entre Brasil e México e defendeu a manutenção do pacto.

Segundo com a entidade, o acordo internacional contribui para o comércio bilateral entre os países e pode ser ajustado conforme as condições apresentadas.

Confira a nota oficial emitida pela Anfavea:

ACORDO AUTOMOTIVO BRASIL-MÉXICO

Com referência a notícias sobre o Acordo de Comércio Automotivo Brasil-México, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores emite o comunicado que segue:

“A ANFAVEA considera importante a manutenção do Acordo de Comércio Automotivo Brasil-México, celebrado em 2000, por sua relevância como fator de integração comercial e de fomento do comércio bilateral entre os dois países.

O comércio automotivo de veículos e peças Brasil-México, no valor de US$ 4,3 bilhões em 2011, representa 47% do fluxo comercial entre os dois países. Entre 2000 e 2011 as exportações brasileiras de veículos e peças para o México totalizaram US$ 21,2 bilhões e as importações totalizaram US$ 8,7 bilhões.

A ANFAVEA entende que acordos internacionais de comércio, a exemplo do Acordo Brasil-México, são dinâmicos e podem ser atualizados, ampliados e ou ajustados em sua abrangência e condições.

A ANFAVEA defende ainda a celebração de novos acordos internacionais de comércio e preferências tarifárias, como instrumento indutor e promotor do comércio exterior brasileiro e como fator de estabilidade e de competitividade das relações de trocas”.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...