Itália diz que montadoras precisam de assistência



O sub-secretário do governo italiano, Antonio Catricalà, afirmou que as montadoras italianas podem receber novos incentivos por parte das autoridades, desde que cumpram com as regras estabelecidas pela União Europeia.

“O mercado de automóveis precisa de incentivos. Precisamos encontrar meios de arrecadar fundos para tomar eventuais medidas neste sentido”, afirmou Catricala, quando perguntado sobre a concessão de possíveis incentivos para o desenvolvimento de novas soluções sustentáveis.

A UNRAE, organização que representa as montadoras “estrangeiras” atuantes na Itália, prevê uma queda de 5,6% na quantidade de automóveis emplacados em 2012, chegando a no máximo 1,65 milhão de veículos. Em 2011, as vendas de automóveis na Itália atingiram 1,74 milhão de unidades, ante 1,96 milhões de veículos em 2010.

A preocupação do governo italiano com as montadoras locais é tão evidente que o atual Primeiro Ministro italiano, Mario Monti, já declarou que tomará “medidas drásticas” para dar suporte ao mercado. As medidas de ajuda incluem a concessão de ajuda financeira às famílias que trocarem seus carros por veículos mais modernos e menos poluentes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...