Plano de Financiamento: BNDES reduz juros do Programa Procaminhoneiro


O BNDES reduziu juros do Procaminhoneiro, deixando de exigir valor de entrada para as aquisições de caminhões e equipamentos de transporte rodoviário de cargas. Essas medidas fazem parte do Programa Procaminhoneiro, que teve as taxas de juros reduzidas para 5,5% ao ano,  índice que antes era de 7%.

Plano de Financiamento: BNDES reduz juros do Procaminhoneiro

“A taxa de 5,5% é a ideal, agrada os bancos e também os caminhoneiros, que poderão comprar veículos novos e usados, melhorando o transporte feito atualmente no País. Isso, aliado ao fim da carte-frete, é o resultado vitorioso de uma luta que temos há anos em parceria com a CNT”, José Araújo “China” da Silva, presidente da Unicam (União Nacional dos Caminhoneiros).
Outra mudança é o financiamento total por parte do programa. Anteriormente, o comprador precisava dar uma entrada de, no mínimo, 10% do valor. O principal objetivo dessas medidas é estimular a renovação da frota no País.
“A CNT defende uma política de governo para a renovação da frota, seja por razões econômicas, para tornar mais eficiente a atividade transportadora, seja por questões ambientais. Os novos caminhões com padrão Euro 5, obrigatórios desde este mês de abril, emitem muito menos poluentes”, afirma Cléssio Andrade, presidente da CNT (Confederação Nacional do Transporte).

Plano de Financiamento: BNDES reduz juros do Procaminhoneiro

O Procaminhoneiro conta com um prazo máximo de financiamento de 96 meses. Os recursos do programa podem ser utilizados para financiar a compra não apenas de caminhões, como também de chassis, caminhões-tratores, carretas, cavalos-mecânicos, reboques, semi-reboques e carrocerias para caminhões, novos ou usados, com idade de até 15 anos, e que sejam de fabricação nacional.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...